Conversa de bicho

R$ 37,00
ou 3 x R$ 12,33
. Comprar  
Texto: Célia Cris Silva
Ilustrações: Verônica Fukuda

Uma história deliciosa pensada para os bebês, mas que vai encantar a família toda.

 
ISBN: 978-85-7671-365-4
Nº de páginas: 24
Tamanho: 24x24 cm
Idade: 1 a 6 anos
 

ATIVIDADES SUGERIDAS:
 
Temas abordados: sons produzidos pelos animais.
 
Antes da leitura
- Leve imagens de diferentes animais para mostrar às crianças. Entre eles, os que aparecem na história. Converse com elas sobre eles: se já viram de perto, onde viram, se têm medo...
- Pergunte que som cada um faz.
- Pergunte quem tem um animal em casa (ou apartamento, sítio etc.).
- Verifique se elas conseguem diferenciar os animais de acordo com seus habitats, por exemplo: que animais vivem na fazenda? E na floresta? Nos rios?
Durante a leitura
- Se possível, sente-se em roda com as crianças de forma que todas possam ver o livro e suas ilustrações.
- Mostre a capa, as imagens da capa (pergunte que animais elas reconhecem na capa), leia o título, os nomes de quem escreveu e de quem ilustrou, depois leia o texto da quarta capa.
- Pergunte o que elas acham que irão ver “dentro do livro”.
- Nas páginas 2-3, onde há uma conversa com os adultos que irão ler o livro para as crianças, vê-se uma parte de um animal. Que animal seria?
- Vá fazendo a leitura pausada e ritmadamente, caprichando nas onomatopeias. Peça a ajuda das crianças para fazerem, junto com você, o som dos animais.
- Vá mostrando as imagens, enquanto lê.
- Pergunte onde as crianças acham que essa história se passa.
Depois da leitura
- Depois de ler a história toda, retome a leitura página a página, chamando a atenção para detalhes nas imagens. Há texturas, cores, movimento nos desenhos.  Por exemplo:
. Páginas 4-5: Para quem o cão olha? E o gato, olha para quem? E o rato, será que está fugindo do gato?
. 6-7: Por que o rato está preocupado? (Será que está com receio de ser caçado pelo gato, que ficou na página anterior?)
- A cabra levou uma ferroada. Repare que a ponta do focinho dela está vermelha e inflamada. Quem é que dá ferroada? Quem tem ferrão! E quem é que tem ferrão? (Vespa e abelha, por exemplo).
- Peça para as crianças imitarem como berra uma cabra que levou uma ferroada. E uma cabra que não levou uma ferroada, como berraria?
- Essa cobra que sibila parece familiar? Volte ao início do livro. Pergunte à turma se era ela quem estava tentando se esconder nas páginas iniciais. (Comparando o desenho da cauda percebemos que é ela mesma.)
- Converse com as crianças: Por que será que a coruja pia baixinho? Será que ela não quer chamar a atenção? E como seria piar alto?
- Por que o porco ficou assustado?
- A abelha quer animar a vaca. Por que ela faria isso? Talvez ela seja amiga da vaca e é isso que os amigos fazem, não é mesmo?
- O bebê ri gostoso da barulheira. Onde está o bebê? Que animais estão ao redor? (os animais citados na história).
- Será que essa história foi inventada pelo bebê? Ou por alguém que usou os bonecos dos bichos para fazê-lo sorrir? Ou será que essa história acontece ao mesmo tempo numa fazenda e no quarto do bebê? (Não há uma resposta certa, nem errada. Para cada um, a história fará sentido de um jeito diferente.)
- Mostre as fotos das autoras do livro, Célia e Veronica. Leia o texto que fala sobre elas. Caso as crianças queiram fazer perguntas para elas, incentive-as. Escreva e envie um e-mail para a editora. As autoras terão prazer em responder.
 
LIVROS QUE PODEM AUXILIAR SEU TRABALHO, PROFESSOR(A):
- COSTTA, Silvio. E agora, bicho? Franco Editora.
- KALUNGA. Há quanto tempo não vejo uma joaninha. Franco Editora.

 
• Prazo para postagem:
Veja também