Morde nãããããão!!!

R$ 27,00
ou 3 x R$ 9,00
. Comprar  
Autora: Rose Borges
Ilustradora: Paula Kranz

Ha livros de quase todos os assuntos, mas poucos sobre mordidas na escola. Como será que a professora desta história resolveu essa questão em sua sala?


 
ISBN: 978-857671-257-2
Nº de páginas: 12
Formato: 24x24 cm
Idade:  2 a 6 anos
Coleção: 
 
ATIVIDADES SUGERIDAS
 
Temas abordados: mordida, brincadeiras, amizade, relacionamentos.
 
Crianças não param totalmente de morder... mas criar uma rotina de atividades ajudam as crianças a se expressarem e a descarregarem suas tensões, diminuindo a ocorrência das dolorosas mordidas.
- Atividades de manipulação de papel, como rasgar, amassar, rasgar revistas velhas, fazer bolinhas com papel, tudo para aliviar a agressividade. 
- Momentos de manipulação de massinha: modelar, jogar, bater com força, esticar etc. 
- Exploração de diferentes texturas: ofereça às crianças materiais como algodão, lixa, gelo e coisas moles, como mingau colorido com corante e sagu. 
- Atividades artísticas com guache, pincel, canetinha, oferecendo telas de pintura, cartolina, papelão, papel.
- Atividades com música, cantando, batendo palma e dançando. 
- Brincadeiras com água e lama no jardim. As situações ao ar livre são essenciais para qualquer criança.
- Muitas historinhas, contadas com fantoches e uma entonação de voz atraente e cheia de suspense.
- Faça uma roda de perguntas e respostas, os alunos podem ficar de mãos dadas na rodinha, como as crianças fizeram na história.
1- O que acontecia quando tocava o sinal do recreio?
2- Quem gosta da hora do recreio?
3- Qual o nome da professora de Guilherme?
4- O que a professora e os coleguinhas falavam com Guilherme?
5- O que a professora e as crianças fizeram para ajudar o menino?
7- No final da história, Guilherme consegue com a ajuda da professora e dos colegas, parar de morder. Você tem algum amiguinho ou professora que te ajudou em alguma coisa? Conte o que aconteceu.
- Promova uma conversa entre as crianças sobre as coisas que os pais ou os professores sempre dizem que elas não podem fazer.
- Os alunos precisam entender também o funcionamento do seu corpinho. Algumas músicas são bem interessantes para esclarecer as funções e os sentidos do corpo. Peça para os alunos se levantarem e dançar com a música: Cabeça, ombro, joelho e pé.
- Deite as crianças no chão e faça o contorno do corpo com giz. Depois elas podem completar, desenhando a roupa, rosto, etc.
 
TEXTOS QUE PODEM AUXILIAR SEU TRABALHO, PROFESSOR:
- CIPRIANI, Flávia. Sem fraldas. Franco Editora
• Prazo para postagem:
Veja também