Um ovo para a paz

Preço sob consulta
. Comprar  
Autor: Eraldo Miranda
Ilustrador: Osório Garcia

Esta é uma história sobre um planeta chamado Unos, habitado por curiosos povos que viviam em paz. Porém, certo dia um pequeno ovo quase levou-os a uma guerra. Abra este livro e prepare-se para conhecer esta intrigante história.

 
ISBN: 978-85-7671-179-7
Nº de páginas: 12
Formato: 17x25 cm
Idade: 6 a 8 anos
Coleção:


ATIVIDADES SUGERIDAS
 
Temas abordados: paz, erro e perdão, amizade, amor, união entre as pessoas.
 
- Unos era um planeta que tinha três povos muito unidos a leste, sul e oeste. Propor que as crianças façam inferências sobre o que existiria ao norte deste planeta.
- Propiciar a construção de maquetes deste planeta fictício comparando-a com o nosso planeta Terra;
- Oportunizar a interação com materiais ilustrativos de nosso sistema solar e, se possível, propor: a construção de maquetes referentes, a pesquisa sobre as características dos planetas e a análise comparativa entre os mesmos.
- No planeta Unos não havia preconceito entre os seus povos e estes tinham como costume "atravessar fronteiras para ampliar seus conhecimentos"; incentivar a análise do preconceito no contexto social em que a escola estiver inserida assim como em nosso país; afinal existe preconceito entre os moradores das várias regiões brasileiras? O que podemos aprender "atravessando fronteiras"? "Atravessamos fronteiras" em nosso cotidiano e aprendemos com isso?
- Aproveitar a discussão anterior para propor uma pesquisa sobre a diversidade cultural e a construção de conhecimentos.
- O planeta Unos era habitado por aves e o conflito se iniciou com o surgimento de um ovo na divisa entre os três reinos. Que outros animais poderiam estar envolvidos em uma história em que o conflito fosse iniciado pelo aparecimento de um ovo? Propor a elaboração de uma paráfrase da história sendo o planeta habitado por outra espécie animal.
- Na espera do nascimento do filhote do ovo uma fêmea representante de cada reino foi chamada; incentivar a pesquisa sobre os substantivos femininos, masculinos e epicenos.
- Propiciar a interação com livros de arte que apresentem pintores como Giotto e Alfredo Volpi que utilizavam ovos na confecção de suas tintas, conhecidas como têmpera. Uma receita prática de têmpera: um giz de lousa colorido bem triturado (pode-se triturá-lo colocando-o dentro de um saco plástico e usando um pequeno martelo ou pedra), duas colheres de chá de água e uma gema de ovo; misturar tudo muito bem e pintar em qualquer tipo de papel, inclusive pode-se pintar sobre gesso.
- O desenrolar da história é envolvente e instiga a nossa curiosidade. Deixar um momento de suspense e propor que elaborem, coletivamente, um final condizente com o título "Um ovo para a paz", depois comparar com o final dado pelo autor.
- Questionar as crianças sobre o fato da pomba branca ser o símbolo universal da paz, se existem outros símbolos.
- Possibilitar a interação das crianças com a história da Arca de Noé, a partir da qual a pomba representa a paz para o Homem;
- Pedir que os alunos observem em mensagens da mídia o tema da Campanha da Fraternidade – 2005.
 
TEXTOS QUE PODEM AUXILIAR SEU TRABALHO, PROFESSOR:
- LEWICKI, Glaucia. Paloma. Franco Editora.
- MENEZES, Álvaro Ottoni de. O pato pastel. Franco Editora.
- Vídeo: Ver o mundo em Direitos do Coração. Paulinas.
 
Veja também